Segunda, 22 Outubro 2018 15:04

FENÔMENO

Escrito por
Avalie este item
(5 votos)

FENÔMENO

“porque muitos, por causa dele, deixavam os judeus e criam em Jesus.” ( Jo 12.11)

 

João era pescador, assim como grande parte dos discípulos de Jesus eram pessoas simples e comuns dentre o povo, todavia o diferencial de João estava na proximidade que ele tinha com Cristo. Em sua narrativa João deixou uma, dentre muitas razões, por ter escrito seu evangelho: para que todos creiam que Jesus é o Cristo, o filho de Deus e crendo, tenham vida no nome de Jesus (Jo 20.30-31).

Resumidamente, o versículo acima está contextualizado logo após Jesus ressuscitar Lázaro e, posteriormente ao fazer parte de uma ceia, uma mulher de nome Maria usou um vaso de perfume, ungindo os pés de Cristo. Depois disso os judeus se reuniram para deliberar sobre as mortes de Jesus e de Lázaro (Jo 12.1-11)

Atente que amigos e colegas conseguem enxergar facilmente as mudanças físicas de seus conhecidos. Não há como esconder que essas transformações físicas sejam mesmo vistas e comentadas. A curiosidade faz parte da natureza humana e daí é normal às perguntas sobre a dinâmica da mudança. Todos querem saber os detalhes do processo e é justamente neste momento que a pessoa transformada pode contar seu testemunho de como se deu a alteração.

Lázaro estava morto há quatro dias (Jo 11.17). O corpo já estava em estado de putrefação, mas Jesus realizou o milagre da ressurreição e a partir do exato momento em que Lázaro deixou a morte e ganhou a vida, ele potencializou a curiosidade de todos os seus compatriotas. Ele se tornou um referencial, todos queriam ver e tocar nele e assim, Lázaro passou a ser o sinal vivo do poder transformador de Cristo. Compreenda que naquela época, a fama de Jesus já corria na região e em todos os cantos havia alguém que conhecia outro alguém que fora contemplado por uma benção ou um milagre. Cegos, aleijados, leprosos, endemoniados e gente com doenças não catalogadas pelos evangelhos foram simplesmente curadas, transformadas. E o melhor era que todos sabiam que Jesus era o autor destas mudanças. A glória era de Deus. Reflita sobre isso!

Perceba que na essência, Jesus continua o mesmo, sua bondade e misericórdia não mudaram (Hb 13.8). Ela permanece para sempre. Assim, nos dias de hoje, é muito fácil achar alguém que teve sua vida mudada por Jesus, tanto no aspecto físico como no espiritual. E essas pessoas que receberam a transformação, se tornam referencial e impulsionam a curiosidade de seus conhecidos, seus familiares, dos amigos e colegas. Isso é normal e foi justamente isso que aconteceu com a vida de Lázaro. De anônimo, ele se tornou um fenômeno e passou a ser a mensagem de Cristo por onde caminhava (Jo 12.11). Pense!

Hoje muitos são como Lázaro, não que morreram e foram ressuscitados. Mas porque tiveram suas vidas alteradas pelo poder de Cristo. Antes eram escravos do diabo, serviçais de Satanás e praticavam toda sorte de iniquidades.  Viviam no mundo das drogas, da prostituição e realizavam tudo aquilo que desagradava a Deus. Alguns inclusive viviam abandonados pelos familiares e amigos. A vida era um caos sem fim.

Entenda bem que os judeus sentiam ciúmes de Lázaro e queriam matá-lo (Jo 12.10). Noutras palavras, seus compatriotas não desejavam que ele continuasse a ser a mensagem de Cristo, Lázaro era a referência em termos de milagre, era o recado a todos os descrentes. Se fosse aos dias atuais com a força da internet, de forma comparativa, ele seria um fenômeno de "viralização” do milagre de Jesus. Reflita isso!

Hoje existem centenas, milhares de pessoas que também receberam um milagre de Deus e podem ser vistas como fenômenos pela transformação que passaram. Do vício que foi abandonado, do casamento restaurado ao câncer que sumiu nos exames de imagem, essas pessoas são conhecidas pelo que são hoje. Todas elas se tornaram referências vivas do que Jesus fez, desde as mudanças físicas às transformações espirituais que trouxeram alegria, paz e harmonia ao coração. Creia nisso!

Portanto, não importa qual o ambiente, se na família, na faculdade, no trabalho ou mesmo dentro de um ônibus, veja a importância de ser referencial do poder transformador de Cristo. Saiba que Deus não se importa com a cor do seu cabelo, com suas roupas, com seu status e nem com seu nível intelectual, apenas manifeste ao redor sua mudança, assim como fez Lázaro. Seja mais um fenômeno viral daquilo que só Jesus pode fazer na sua vida. Pratique isso, amém?

Jesus Cristo Filho de Deus os abençoe, sempre!

 

Milton Marques de Oliveira - Pr

Ler 1172 vezes Última modificação em Domingo, 28 Outubro 2018 10:55
Mais nesta categoria: « PRESSÃO INVESTIMENTO »

Comentários   

+2 # Sinvaldo 27-10-2018 12:15
Muito bom temos que ser referencia diante dos incredulos
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

PUBLICIDADE