Segunda, 16 Agosto 2021 08:59

SUCESSO

Escrito por
Avalie este item
(2 votos)

SUCESSO

“Então Jesus orientou-os: “Lançai a rede do lado direito do barco e encontrareis.” (Jo 21.6)

 

 

Dentre os doze, João foi o discípulo que mais escreveu. São de sua autoria o quarto evangelho, três pequenas cartas e o livro de Apocalipse. Sabe-se que seu temperamento era forte, tanto que certa feita, ele consultou a Jesus sobre a possibilidade de orarem para que caísse fogo do céu e consumisse alguns samaritanos que não os receberam para um pernoite (Lc 9.51-56). Mas a proximidade com Jesus transformou sua mente a tal ponto que anos mais tarde ele escreveu uma carta abordando vários trechos sobre a plenitude do amor de Deus sobre as pessoas (1 Jo 2.15-18).

O versículo acima está contextualizado no aparecimento de Jesus a sete de seus discípulos, logo após a sua ressureição. Naquela ocasião Jesus preparou uma refeição para todos eles e essa reunião ficou marcada como o primeiro encontro de Cristo com Pedro, depois que este o negou (Jo 21.1-11).

Não restam nenhuma dúvida que o homem é um ser adaptável ao ambiente em que vive. Alguns mudam de cidades e rapidamente se acostumam com a geografia e os hábitos locais. Outros saem de climas quentes e vão morar em locais onde a temperatura é mais fria e existem aqueles que conseguem viver maravilhosamente bem em ambientes de novas culturas e nova língua. Noutras palavras, muitas pessoas se adaptam rapidamente a novos lugares, novos ambientes, a novas amizades, novos empregos e nessa esteira de adaptação pode-se citar uma infinidade de situações onde houve necessidade de uma boa dose de coragem para alcançar o sucesso.

A narrativa de Lucas diz que depois da crucificação de Jesus, sete discípulos seguiram Pedro numa pescaria. É bem provável que naquele momento eles resolveram retornar às atividade de antigamente e deixaram de lado tudo o que Jesus os ensinou sobre o reino de Deus. A narrativa prossegue até o ponto de Jesus ali aparecer e, como eles não tinham apanhado nenhum peixe, Jesus deu uma ordem de mudança, em trocar o lado de onde estavam sendo lançadas as redes. E o resultado foi sucesso total! (Jo 21.6-8).

Lembre-se que a origem daqueles homens era a pesca, pode-se dizer que nasceram e cresceram vendo e aprendendo como apanhar o peixe. Pode-se dizer ainda eram homens experientes, conheciam as marés e sabiam como alcançar bons resultados numa pescaria. Assim, naquela noite, tudo levava a crer que a pesca seria proveitosa, eles acreditavam em si mesmos, tinham ótimas expectativas, eram capazes e orgulhosos daquilo que sabiam executar com excelência.  Nesse sentido é interessante observar que por vezes, as pessoas também se sentem assim nas suas atividades seculares, muitos estão tão familiarizados com suas capacidades e com suas qualificações que acreditam que onde colocarem suas mãos, o sucesso é garantido. Pasmem!

Mas naquela ocasião, perceba que não bastou a ordem de Jesus para fazer a mudança do lado de lançamento das redes, antes foi preciso coragem e a vontade deliberada dos discípulos em obedecer e cumprir a ordem de Cristo. Se Jesus desse a ordem e não houvesse o seu cumprimento ou se eles se acovardassem, a ordem seria vazia e nada teria acontecido. Entenda bem: ordem e obediência caminham juntas. Reflita!

Saiba que nos dias atuais, existem muitas pessoas com ótimas expectativas, existem centenas de milhares de homens e mulheres que fracassaram  em seus projetos, que estão desistindo da vida, dos negócios e até mesmo da família simplesmente por covardia, por receio e/ou medo de fazerem uma mudança. Muitos se fecharam numa crença e numa expectativa em si mesmo, mas entenda que esse fechamento não pode ser motivo de não aceitarem fazer as mudanças. Pode-se dizer que os sete discípulos estavam sim, decepcionados por não pegarem nenhum peixe, afinal ali estavam homens experientes e qualificados para aquela operação. Aliás, o cerne de muitas frustrações está em acreditar nas suas próprias capacidades. É o famigerado perigo da autossuficiência humana. Fique longe disso!

Compreenda que a razão do fracasso era que os discípulos faziam a mesma coisa e Jesus chegou para instrui-los a mudar de posição ou simplesmente mudar a direção. Atente que o desafio para muita gente é vencer o medo e a insegurança para fazer de outro jeito, é se dispor a mudar e aceitar que podem fazer diferente aquilo que sempre se fizeram de uma só maneira. Isso inclui amar mais, perdoar mais, sorrir mais, abraçar mais e ter em mente que a vida pode ser melhor quando se vence o medo, quando o receio é deixado para trás e corajosamente se promove a mudança para novos tempos. Resumindo: a mudança ocorre quando a covardia é deixada para trás, creia nisso!

Aprenda, portanto, a não se familiarizar com o fracasso e nem com o insucesso. Aqueles homens não pegaram nada, mas aceitaram recomeçar a pescaria diante de uma proposta  de mudança, ou seja, eles não se mostraram covardes. Saiba que muitos não vivem o melhor de Deus, não conquistam, não avançam e vivem uma infinita inércia espiritual porque as inquietações mentais o impedem de vivenciar o novo. Traga mudanças na sua vida, para sua família, para sua empresa, para seus negócios e principalmente  para sua  vida espiritual, demonstre bravura , não se acovarde e ouse mudar. Reflita!     

Lucas deixou registrado que Jesus mudou o curso daquela pescaria e o sucesso aconteceu quando os discípulos lhe obedeceram, ou seja, quando corajosamente eles deixaram que o Mestre assumisse o controle da situação. Aprenda, portanto, a não se acovardar, esteja receptivo às mudanças, se disponha ao novo, vença a insegurança e não tenha receio do novo que virá, porque debaixo do controle e da direção de Deus o sucesso é garantido! Grande abraço.

Jesus Cristo Filho de Deus os abençoe, sempre!

 

Milton Marques de Oliveira - Pr

Ler 424 vezes Última modificação em Quarta, 18 Agosto 2021 16:38
Mais nesta categoria: « PREÇO LIBERTAÇÃO »

PUBLICIDADE