Artigos

Quarta, 17 Maio 2017 10:29

CHAMADO

Escrito por
CHAMADO “E, tendo dito essas palavras, clamou em alta voz: “Lázaro, vem para fora” (Jo 11.43) O Evangelho Segundo João tem a peculiaridade de narrar detalhes que os evangelhos de Mateus, Lucas e Marcos não registraram. Assim sendo o discípulo João não só registrou a ressureição e a saída do defunto Lázaro para fora do túmulo, como narrou diversos detalhes desta ressurreição, inclusive o diálogo entre Jesus a as irmãs de Lázaro. Estudiosos da cultura judaica afirmam que no século I eram utilizadas grutas como sepulcro e grandes pedras fechavam a entrada. Os defuntos eram enfaixados com lençóis, panos e…
Quarta, 10 Maio 2017 13:52

CONHECIMENTO

Escrito por
CONHECIMENTO “Levanta-te, vai à grande cidade de Nínive, e clama contra ela, porque a sua malícia subiu até mim. ” (Jn 1.2)   O livro de Jonas foi escrito pelo profeta de mesmo nome e faz parte dos doze livros proféticos, chamados profetas menores. Segundo estudiosos Jonas foi contemporâneo dos profetas Amós e Oséias, e teria sido escrito nos idos de 780AC, bem antes da invasão feita pelos assírios contra Israel (reino do Norte). Sua narrativa é por demais conhecida justamente pela presença de um grande animal marinho que engoliu o profeta, quando este empreendeu fuga, se recusando a cumprir…
Quarta, 03 Maio 2017 11:37

HONRA

Escrito por
HONRA “Então, virou-se em direção à mulher e declarou a Simão: “Vês esta mulher? Entrei em tua casa, e não me trouxeste água para lavar os pés, como é o costume. Esta, porém, molhou os meus pés com suas lágrimas e os enxugou com os próprios cabelos. ”   (Lc 7.44)   Pouco ou quase nada se sabe sobre o evangelista Lucas, autor do terceiro evangelho que leva o seu nome. Sabe-se que ele era grego, exercia a medicina, escreveu o livro de Atos dos Apóstolos e acompanhou o apóstolo Paulo em suas viagens missionárias. Muito provavelmente Lucas tenha estado também…
Quarta, 26 Abril 2017 13:40

PELO NOME

Escrito por
PELO NOME “...Jesus chegou àquele local, olhou para cima e o chamou: “Zaqueu! ...”  (Lc 19.5)   Os evangelhos de Mateus, Marcos e Lucas fazem parte dos evangelhos sinóticos e são assim chamados devido a similaridade de seus registros. Lucas, escritor do terceiro evangelho foi colaborador de Paulo, inclusive o acompanhou em suas viagens pelo mundo de então, presenciando milagres, testemunhando curas e vivenciando in loco as ações missionárias. Os Evangelhos apresentam Jesus Cristo como rei, como servo, como o Filho do Homem, como Filho de Deus e como Salvador. O versículo acima é muito conhecido e relata a história…
Quarta, 19 Abril 2017 12:01

CANAL DIRETO

Escrito por
CANAL DIRETO “Então disse: Jesus, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino. ” (Lc 23.42) O evangelista Lucas foi o autor deste evangelho e teve a rara preocupação de narrar que os fatos por ele registrados foram confirmados por testemunhas oculares, dando assim mais credibilidade aos destinatários, inclusive para Teófilo a quem destinou especificamente seu escrito (Lc 1.2-4).  Este versículo está contextualizado no diálogo ocorrido entre o ladrão que foi salvo e Jesus Cristo, quando ambos estavam crucificados no local denominado Caveira (Lc 23.33). Lucas não registrou os nomes dos dois ladrões crucificados, todavia, coube a um deles entrar…
Quarta, 12 Abril 2017 11:43

APRESENTAÇÃO

Escrito por
Apresentação   “6; Com que me apresentarei diante do Senhor, e me prostrarei perante o Deus excelso? Apresentar-me-ei diante dele com holocausto, com bezerros de um ano?  7; agradar-se-á o Senhor de milhares de carneiros, ou de miríades de ribeiros de azeite? Darei o meu primogênito pela minha transgressão, o fruto das minhas entranhas pelo pecado da minha alma?   8; Ele te declarou, ó homem, o que é bom; e que é o que o Senhor requer de ti, senão que pratiques a justiça, e ames a benevolência, e andes humildemente com o teu Deus? ”  (Mq 6.6-8)    …
Quarta, 05 Abril 2017 10:20

CRITÉRIOS

Escrito por
CRITÉRIOS   “E, colocando-se Jesus a caminho, correu um homem ao seu encontro e, ajoelhando-se, indagou-lhe: “Bom Mestre! O que devo fazer para herdar a vida eterna? ” (Mc 10.18)   Marcos era parente de Barnabé e não esteve entre os doze discípulos de Jesus (Cl 4.10).  Seu evangelho teve como destinatários os gentios romanos e embora tenha sido divinamente inspirado pelo Espírito Santo, os pais da igreja primitiva entenderam que Marcos registrou muitas informações procedentes de Pedro, um dos três discípulos que desfrutaram de maior proximidade com Cristo. Acima tem-se o versículo que trata do diálogo entre Jesus e…
Terça, 28 Março 2017 16:50

SURPRESA

Escrito por
SURPRESA “15; Eles lhe disseram: Estás louca. Ela, porém, assegurava que assim era. Eles então diziam: É o seu anjo. 16; Mas Pedro continuava a bater, e, quando abriram, viram-no e pasmaram. ” (At 12.15-16)   Escrito por Lucas, o livro de Atos dos Apóstolos mostra o início da história da igreja logo após a morte e ressurreição de Cristo. O registro de Lucas em Atos traz sobretudo a descida do Espírito Santo, os milagres e as realizações do discípulo Pedro e do apóstolo Paulo, as viagens missionárias pelo mundo de então e os estabelecimentos das primeiras comunidades cristãs no…
Quarta, 22 Março 2017 12:15

BARREIRAS

Escrito por
BARREIRAS “Quem dera que eles tivessem tal coração que me temessem, e guardassem em todo o tempo todos os meus mandamentos, para que bem lhes fosse a eles, e a seus filhos para sempre! ”(Dt 5.29)  O livro de Deuteronômio, escrito pelo profeta Moisés, traz de maneira simples e objetiva uma revisão da história de Israel, recordando àqueles israelitas que nasceram no período da peregrinação do Egito para Canaã e que não presenciaram as incontáveis realizações do Senhor. O livro mostra também toda a inflexibilidade da lei mosaica, notadamente quanto às frases “farás isso” e “não farás aquilo”. Muito aplicada…
Quarta, 15 Março 2017 10:53

SOMENTE CRISTO

Escrito por
SOMENTE CRISTO “Pelo que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; ” (2 Co 5.17).    Nessa segunda carta aos coríntios, percebe-se que seu teor difere da primeira carta, uma vez que nesta segunda epístola Paulo faz defesa de sua autoridade como apóstolo de Jesus Cristo pela vontade divina. Essa defesa estava relacionada com a desconfiança de alguns integrantes daquela comunidade cristã em relação à sua autoridade como apóstolo (2 Co 1.12-14). Provavelmente eles desejavam algum documento originário de Jerusalém para dar credibilidade a Paulo, como se um simples papel tivesse mais importância que o chamado de Deus (2…

PUBLICIDADE