Domingo, 29 Agosto 2021 10:51

PREVISÃO

Escrito por
Avalie este item
(2 votos)

PREVISÃO

“Mas isto é o que foi dito..” (At 2.16). 

Lucas foi quem escreveu o livro de Atos dos Apóstolos e também o terceiro evangelho e mesmo não sendo judeu, Lucas esteve muito próximo dos discípulos de Jesus. Sua narrativa tanto do evangelho como do livro de Atos se fundamenta por testemunhas que viram e ouviram os eventos que ele registrou (Lc 1.1-2). Já em Atos, ele próprio se fez presente acompanhando o apóstolo Paulo a partir de Trôade, já na segunda jornada missionária (Atos 16.6-11).

Antes de Jesus subir ao céu, ele próprio determinou que seus discípulos ficassem em Jerusalém quando receberiam a virtude do Espírito Santo e após o Pentecostes, Pedro discursou aos presentes, explicando sobre a presença do Espírito Santo, afirmando que na verdade, tudo o que eles estavam assistindo já tinha sido predito, previsto e vaticinado por Deus por meio do profeta Joel (At 2.1.22).

Na vida do homem existem situações que são tão claras aos olhos que ninguém pode dizer depois que não percebeu. Assim, atente que muitos pais vivem advertindo seus filhos sobre os perigos de estarem frequentando determinados ambientes e professores vivem instruindo os alunos para se dedicarem mais aos estudos como forma de serem aprovados. Noutro giro, as previsões sobre o clima possuem a finalidade de alertar as pessoas sobre eventos da natureza que podem atingir certas regiões, dando espaço de tempo para se prepararem. Confira que as previsões possuem a finalidade de alertar, dar direção, admoestar e/ou prevenir situações que podem ocorrer, todavia, toda previsão antes de tudo serve para deixar claro com antecedência um evento que vai acontecer mais à frente. Enfim, existe uma infinidade de previsões, tanto para o bem como para o mal, infelizmente.

O discurso de Pedro logo depois da manifestação do Espírito Santo apenas dava a certeza que tudo aquilo que os homens e mulheres estavam presenciando no Pentecostes, era algo que Deus já tinha anunciado por meio de Joel, muitos séculos antes (Jl 2.28). Portanto, era uma situação que se concretizou fundamentada numa profecia dada por Deus, e Pedro naquela ocasião, enfatizava que Deus fazia valer o que outrora ELE mesmo havia dito. Noutras palavras, era a  realização de um evento que tinha sido previsto com antecedência. Só não percebeu quem não tinha conhecimento da narrativa do profeta Joel.

Considere que as previsões antecedem o evento (até porque se não anteceder ela deixa de ser previsão) e de forma comparativa isso vale para as profecias bíblicas. Veja que as previsões dadas por Deus não acontecem sem uma fundamentação ou um propósito divino, mas todas as profecias divinas possuem uma intenção ou uma finalidade muito certeira. A narrativa de Lucas afirma que Pedro falou que  Cristo foi dado à humanidade por meio de um projeto de Deus (At 2.22). Ou seja, a primeira vinda de Jesus não foi algo que aconteceu por acaso, mas era parte de um projeto de Deus para reconciliar o homem e trazê-lo de volta à comunhão com o seu criador. Reflita!

“Mas isto é o que foi dito..” (At 2.16). Segundo os estudiosos e teólogos existem aproximadamente 600 profecias abordando a vida de um Messias para Israel no Antigo Testamento e se que cumpriram no Novo Testamento, demonstrando que Deus, há muito tempo atrás, já tinha idealizado a execução de um plano de redenção para o homem, porquanto afastado e distante.

Agora compreenda bem que há nos dias atuais uma forte tendência de se desconsiderar ou mesmo menosprezar a soberania de Deus no que tange aos seus planos. Infelizmente, esta desconsideração é uma triste realidade que se faz presente em muita gente, inclusive cristãos que conhecem as Sagradas Escrituras. Há uma crescente onda de pessoas que se dizem cristãs, mas totalmente desconectadas de Deus e do que ELE tem falado e assim, longe e afastadas, essas pessoas não o discernem espiritualmente. Esse não discernimento de Deus ficou evidente no Pentecostes quando muitos acreditaram que os discípulos estavam bêbados, ensejando que Pedro buscasse nas palavras do profeta Joel a previsão que o próprio Deus já tinha feito (At 2.15).

Perceba que um dos grandes desafios de muitos homens e mulheres são as dificuldades em acreditar que algo previsto não só pode vir mesmo a ocorrer como pode na sua ocorrência, surpreendê-lo e apanhados no elemento surpresa  não terem condições e nem tempo para alguma providência. É assim nas previsões dos pais aos filhos, é assim na previsão do professor para os alunos se dedicarem aos estudos, é assim na previsão de chuvas e tempestades, e logicamente é assim também nas profecias sobre a volta de Jesus (At 1.11). Ou seja, se dar crédito às previsões terrenas pode te livrar de um grande aborrecimento, saiba que acreditar na volta de Jesus pode te dar a chance de uma vida eterna com ELE. Entendes isso? Grande abraço.

Jesus Cristo Filho de Deus os abençoe, sempre!

 

Milton Marques de Oliveira - Pr

Ler 475 vezes Última modificação em Terça, 31 Agosto 2021 09:49
Mais nesta categoria: « LIBERTAÇÃO DNA »

PUBLICIDADE