Segunda, 03 Dezembro 2018 14:54

CURRÍCULO

Escrito por
Avalie este item
(8 votos)

CURRÍCULO

“e ele chegou aqui com toda a autoridade dos chefes dos sacerdotes para prender todos que invocam o teu Nome”. (At 9.14)

 

Saiba que todo o livro de Atos traz de maneira muito detalhada o começo da igreja, os primeiros milagres operados por Deus usando os apóstolos Pedro e Paulo, as perseguições e a dispersão dos cristãos pelo mundo de então, de forma que o evangelho da graça atingiu e continua impactando muitas pessoas (At 3.1-11; 14.8-18). Perceba ainda que o livro de Atos é a continuação do terceiro evangelho escrito por Lucas (At.1.1-2; Lc.1.1-3).

Dentro do contexto da conversão de Paulo, tem-se que ele ficou cego e foi encaminhado a uma casa na cidade de Damasco. Lá ele recebeu a visita de Ananias, que impondo as mãos, orou por ele e daí em diante teve início o ministério de Paulo que depois de Cristo se tornou o maior doutrinador do cristianismo (At 9.1-17)

Analisar o passado, fazer críticas e emitir opiniões é algo que as pessoas não só gostam de fazer como fazem diuturnamente. Sem rodeios, o passado de alguém é passado a limpo nas conversas e disso resulta todo tipo de julgamento. Pode-se dizer que essas análises curriculares são uma constante na vida de todos, ninguém escapa destes julgamentos nos tribunais de amigos, familiares, colegas e até de desconhecidos.

Da narrativa de Lucas, atente que Ananias teve uma visão e nela, Deus o convoca para uma missão difícil e complicada. Ir até onde estava Paulo e lá orar por aquele que seria um instrumento nas mãos de Deus para levar a mensagem da salvação por meio da fé, da graça e do amor divino. Essa mensagem era o verdadeiro contraste com a lei mosaica que privilegiava o mérito por meio da forte religiosidade.

Grande parte das vezes o homem faz análises rasas e superficiais sobre tudo a sua volta, mas o que ele mais gosta de fazer é analisar o seu semelhante. É comum olhar para as pessoas e rapidamente traçar o perfil dela baseando fundamentalmente no seu passado. Se bom no passado, a análise é que será bom também no dia de hoje e no futuro. De forma contrária, se no passado não valia nada, julga-se que hoje e no futuro, também não prestará. Isso é para todos, com raras exceções.

Perceba que Ananias deixou transparecer o medo e o receio de Paulo. Isso ficou claro quando Ananias questiona Deus, afirmando que Paulo era um homem que tinha ordens dos sacerdotes judaicos para prender todos os cristãos (At 9.14). Dentro da limitada ótica humana, perceba que Ananias tinha mesmo razão sobre quem era Paulo. As notícias sobre Paulo e sobre o que ele fazia contra os cristãos certamente que corria aos quatro cantos daquela região. Pode-se afirmar sem sombras de dúvidas que Paulo era um fariseu que impunha o medo e o terror. Quem era cristão, sabia do perigo que Paulo representava.

Assim como hoje, Ananias estava analisando o currículo de Paulo. Estava visualizando friamente quem era aquele homem que Deus estava lhe mandando impor as mãos e orar. Não era a mesma coisa que orar por um colega, um amigo ou um familiar. Deus estava convocando Ananias para orar por um inimigo, era uma prova e tanto. Reflita isso!

De maneira semelhante, hoje as pessoas fazem as mesmas análises curriculares. Saiba que análises superficiais e cheias de sabedoria humana tem levado muita gente a enxergarem somente o passado das pessoas. Críticas sobre o que ela fez no passado, críticas sobre o comportamento e atitudes do passado é o que tem recheado o perfil de muitos. Veja que na ótica humana, só cabem críticas sobre o que a pessoas fizeram, mas raras as predições sobre o que ela pode fazer no futuro. Muito fácil destruir nomes e derrubar pessoas com base no passado, mas foi justamente assim que Ananias via Paulo. Ele enxergava somente o passado de Paulo e todas as atrocidades que ele cometeu, mas mesmo sendo íntimo do Pai - lembre-se que ele recebeu a visão -, ainda prevalecia a vontade humana de olhar o passado. Não conseguia ver pelo Espírito que aquele homem seria uma ferramenta poderosa na propagação do amor e da graça de Deus. Aliás, o mesmo amor e a mesma graça divina que resgatou o próprio Ananias.

Quantas vezes as pessoas são surpreendidas por decisões que simplesmente derrubam seus projetos porque outros julgaram o seu passado? Quantos deixaram de realizar seus sonhos porque foram submetidos a análises curriculares e seu passado não era apropriado? Lembre-se que a visão de Paulo era mesmo contrária ao cristianismo, Paulo era rival, adversário temido e inimigo declarado. Incrível, mas ele estava dentro dos propósitos de Deus para levar sua mensagem não só ao mundo de então, mas também a milhares e milhares de pessoas nos dias atuais (At 9.15). Enquanto o homem analisa o passado, Deus enxerga o futuro. Reflita isso!

A história conta que Ananias venceu suas inquietações, foi e orou com imposição de mãos, ou seja, ele não se deixou levar pelas suas convicções pessoais, mas foi obediente à convocação de Deus e cumpriu sua missão. Lembre-se: quando Deus convoca, ELE garante o resultado, creia nisso!

Jesus Cristo Filho de Deus os abençoe, sempre!

 

Milton Marques de Oliveira - Pr

Ler 937 vezes Última modificação em Segunda, 03 Dezembro 2018 19:47
Mais nesta categoria: « FLORES E CHOCOLATES INÉRCIA »

Comentários   

0 # Leandra Marques 10-12-2018 12:00
Quando Deus convoca, ELE garante o resultado,
creia nisso! Amém
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

PUBLICIDADE